Plantão aos curiosos

O blog está de cara nova, acredito que mudanças são sempre bem-vindas.
E gostaria de aproveitar pra escrever algumas curiosidades da Hungria e para aqueles que estão acompanhando minha jornada estarem mais perto daquilo que tenho vivido.

HISTÓRIA HÚNGARA

Museum of Terror

  • O território húngaro era bem maior que hoje em dia (até 1921 possuía outros países anexados como Croatia, Slovakia e Romênia).
  • A história da Hungria e de grande parte do leste europeu na época do comunismo é muito interessante, então se tiver oportunidade e curiosidade, procuro saber mais.
  • A Hungria se libertou do comunismo há poucos anos, mas ainda não sabe conviver com a democracia, principalmente os mais velhos.
  • Para descobrir mais recomenda-se Free walking tour , Museum of  Terror
  •  

BUDAPESTE, A CAPITAL

Budapeste é uma cidade  turística, pessoas de diversos lugares do mundo passam por aqui, seja a passeio, ou para passar uma temporada, para morar, trabalhar, estudar (há muito estudantes de Erasmus e intercambistas da AIESEC como nós). A maior parte dessas pessoas são européias.

Budapest

  • Budapeste é a maior cidade na Hungria , 1. 712. 710 de habitantes, e a segunda maior nem chega perto disso.
  • A maioria das empresas que se estabeleceram aqui, ou são locais, e atendem o próprio país ou são escritórios de multinacionais para atender área de finanças e serviço ao consumidor.
  • Os húngaros consideram Budapest como uma cidade suja, e que os transporte são muito antigos, sim tudo é muito antigo, mas isso que faz a cidade ser tão peculiar, e sujo não é  que tem lixo na rua, mas sim que não é bem cuidada, eles não dinheiro para ficar reformando todos os prédios, mas eu gosto assim. O transporte é antigo, mas funciona muito bem, é pontual e atende a população.
  • Budapeste como uma cidade grande possui diversas formas de entretenimento e não só vida noturna ou lugares turísticos como comentado.  Há teatros, aulas de tudo o que você possa imaginar, lugares para praticar esportes, antiquários para visitar, eventos regionais e sasonais, festivais, exposições, concertos e óperas.

IDIOMA, Magyarul

Magyar

  • O idioma húngaro é considerado uma das linguas mais dificéis do mundo. -eu que o diga, venho fazendo aulas, mas é muito complexo.
  • Na maioria dos estabelecimentos, bancos, empresa de transporte (BKV), a maior parte dos funcionários não falam inglês.
  • Depois de todo esse tempo aqui, percebi que não é que os hungaros são fechados, analisando bem, vai muito além disso é uma questão de idioma, aqueles que não falam inglês (geralmente mais velhos) não gostam muito de interagir.

MOEDA, HUF

forint

  • A Moeda aqui é o forint (HUF), e é bem difícil de se acostumar para quem está acostumado com o real , ou outras moedas,100 Forint é aproximadamente 1,00 real, então geralmente quando preciso pensar em reais, eu corto dois zeros no final.

CULTURA

goulash

  • A comida tradicional é o goulash, lángos, Kürtőskalács, goyo, a comida deles não é salgada e muito bem temperada.
  • As bebidas típicas húngaras são Palinka e Unicum.
  • Os nomes e sobrenomes dos hungáros não tem muita variedade, é fator histórico, então aqui é comum encontrar pessoas com o mesmo nome.
  • Os húngaros atualmente na escola, aprendem inglês e alemão além da língua nativa, antigamente aprendiam russo.

PARA BRASILEIROS

  • Palavras que eu descobri que tem o mesmo sentido em português: problema, foca, kiwi
  • Como a maioria dos paises europeus, a capital é bem mais desenvolvida que as outras cidades, e os húngaros, principalmente aqueles que não viveram ou nasceram na capital, não consideram que Budapeste tenha a essência hungara e sim que é uma cidade comercial.
  • Aqui cada um se procupa com sua vida, cada um tem o estilo e se veste como quer.
  • Segunda é considerado o primeiro dia da semana, a data é escrita ao contrário da nossa aaaa.mm.dd, e o sobrenome é escrito antes do nome.
  • As estações do ano são extremas, no verão é calor de não dar pra ficar em casa, e no inverno é frio de não querer sair de casa.
  • Lugares turísticos : Parlamento, Castelo de Buda, Ponte das Correntes, Mercado, Ilha de Margit, Fisherman Bastian , banhos termais (Szecheny ou Gellert) , Bares de ruinas (Ankert, Szimpla, Instant) , Citadella, Ópera.
Anúncios

4 Respostas para “Plantão aos curiosos

  1. Pingback: Saída de Emergência | Brasileiros na Hungria·

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s