Saída de Emergência

Baseado em perguntas mais frequentes em nosso Grupo no facebook, TOP 10 perguntas que surgem quando está planejando sua viagem, ou perguntas mais específicas que dificilmente você acha no google e se acha você não sabe nem por onde começar a ler.(Acredito que muitas dessas perguntas eram minhas dúvidas antes de vir pra cá.)

Top 10

1- Moradia/ Hospedagem

  • Onde morar ou se hospedar em Budapeste?

Distritos V, VI, VII são os mais próximos ao centro, aos pontos turísticos, a bares e restaurantes, e lugares para fazer compras.
Obs.: O transporte público daqui funciona muito bem, e é pontual. Existe uma linha de tram 4/6 que é 24 horas, e corta quase todo o centro, recomenda-se que você esteja próximo a essa linha.

  • Onde procurar? 

Existem websites, que ajudam você a procurar por flats, quartos para dividir, hostels e hotéis, neles você pode trocar mensagem e até fazer reserva online (no caso de hostel e hotel).

  • Aptos e flats

Roomates Budapest 
Easy Roomates

  • Hotéis e hostels

TripAdvisor 
Hostel World
Hostel Bookers 

2- Moeda
A moeda aqui é o Forint, HUF, além de ser difícil encontrar no Brasil, é desnecessário fazer isso uma vez que pode trocar uma quantia por euro, e chegando aqui poderá trocar em diversos lugares.


Obs.: Recomendo que se troque no centro da cidade em que há menores taxas do que no aeroporto por exemplo. 

3 – Ensino
Eu vim pra cá pra fazer um trainee, não para estudar, porém sei que muita gente está vindo pelo Csf e gostaria de abordar esse tema. Tenho amigos que estudam aqui nas universidades, e devido ao programa Erasmus, que abrange grande parte dessas universidades, há estudantes de toda europa vindo para  estudar na Hungria durante o período de um ou dois semestres. O foco das universidades são Engenharia, TI, Economia e RI, também há faculdade de cinema por exemplo. Pelo que ouvi as faculdades são boas, tem uma ótima estrutura, e tem um bom custo/beneficio (pela moeda aqui não ser euro)


Lista de universidades que participam do programa CSF
Budapest Business School
Budapest University Of Technology And Economics (BME)
Corvinus University Of Budapest
Eötvös Loránd University
Hungarian University Of Fine Arts
Kaposvár University
Liszt Ferenc Academy Of Music (University)
Moholy-Nagy University Of Art And Design Budapest
Óbuda University
Semmelweis University
Szent István University
University Of Debrecen
Széchenyi István University
University Of Pannonia
University Of Pécs
University Of Szeged

4- Transporte
O transporte aqui funciona muito bem, há duas linhas de tram 24 horas, três linhas de metro que funciona até as 23h aproximadamente, e diversas linhas de ônibus noturnos e diurnos.
Com carterinha de estudante européia (ISIC feita aqui)o passe mensal é de 3850HUF.
AproximadamenteR$36,00.

Obs.: Para acostumar com Forints sempre tira os dois últimos digitos para ter uma noção de quanto  seria em Real.

Existe o site em que você pode checar horários e pelo google maps, em mobiles ele te diz os horários dos transportes.

BKV 

5-  Viagens
O leste europeu é fascinante e vale muito a pena a visita aos paises ao redor da Hungria.
Slovakia, Austria, Croácia, Sérvia, Bosnia, Romenia,Ucrania,Republica Tcheca , Slovenia, Polonia.
Alguns desses destinos podem não ser os mais comuns, mas garanto que tenham pontos turísticos e paisagens inesquecíveis,e que as vezes são mais baratos, por não terem o euro como moeda, e que vale muito a pena conhecer no continente europeu.

Dependendo do destino recomendo alguns sites de vôos, trens e ônibus de viagem.

  • Avião

Drungli
Ryanair
Easy Jet
Wizzair
Skyscanner

Obs.: Para chegar no aeroporto via transporte público, pegue a linha m3 sentido Kobanya-Kispest até a última parada, de lá caminha em direção aos sinais referentes ao aeroporto, pegue o ônibus 200E até a última parada.

  • Ônibus

Orange Ways
Eurolines 

  • Trem

Vai depender do seu destino, cada país tem uma cia de ferrovia. Para viajar dentro de Hungria tem a MAV.

6- Seguro saúde e Segurança

  • Seguro saúde

É obrigatório ter seguro saúde, devido ao tratado de schengen, e é difícil escolher, pois há diversas opções e o valor é sempre alto;A cobertura mínima que o seguro tem que ter é 30.000 euros,  e para aqueles que vem estudar ou ficar mais tempo recomendo que façam um seguro, que faça reembolso na hora, ou seja, que você nao tenha que pagar consulta.Assist card, GTA e HCC fazem isso, não posso dizer qual o melhor.

Obs.: fiz o Assist Card e tive que usa-lo uma vez, funcionou. O ISIS por exemplo é um dos seguros mais caros e mais famosos, mas não faz o reembolso na hora, é um seguro mais burocrático.

  • Segurança

Acredito que comparado com o Brasil, aquele medo que você sente não existe aqui.
Quando eu vejo polícia é para parar brigas ou controlar imigrantes, já vi acidentes de carro também, e invasão de flats para roubar pertences. Mas assalto a mão armada por exemplo nunca ouvi falar.

7- Custo de vida 
O custo de vida para quem vai passar uma temporada aqui é baixo, ainda que  Budapeste seja mais caro que outras cidades húngaras, estamos na europa e a moeda aqui tem uma taxa muito menor que a do Euro.Você consegue comer bem por pouco, consegue fazer boas compras, para alugar apartamento se for dividir quarto garanto que é mais barato ou a mesma quantia do que se paga em cidades universitarias. O transporte público é suficiente para te levar nos lugares que precisa ir, vide item 4.

8- O que não tem aqui
Recomendo trazer medicamentos e comidas ou bebidas típicas, algo que você irá sentir falta de repente nesse período.

10- Compras

  • Supermercados – TESCO, Spar, CBA, Aldi
  • Farmácia – são indicadas com uma cruz de luz verde
  • Roupas, sapatos e acessórios – Fashion street, desde de mercado de luxo, a marcas européias populares (entre Vörösmarty tér e Deak tér, qualquer linha de metrô), West End (shopping na Nyugati linha do metro 3), Duna Plaza (Gyöngy utca,metro 3)

10- Pontos turísticos

Comentei de maneira mais completa em outros posts sobre onde visitar e que passeios fazer. Para quem estiver interessado abaixo estão os links.

Plantão aos curiosos –  fala um pouco das curiosidades na Hungria, assim como pontos turísticos

Vida noturna – dicas para onde sair, seja bar e balada durante todos os dias da semana

Free Walking tour – tour free que temos em Budapeste para conhecer atrações turísticas

Espero ter respondido as dúvidas de forma a escrever um mini guia de forma objetiva.

Anúncios

15 Respostas para “Saída de Emergência

  1. Olá, não entendi bem como funciona o plano de saúde. Como a cobertura do plano (ex: 30000 euros) deve ser paga? mensalmente ou em parcela única? vlw!

    • Há diversas empresas que vendem seguro saúde, e qualquer agência de turismo pode te ajudar com isso.
      Ou online na Assist-card, ISIS, HCC, GTA você consegue fazer orçamentos e ver as coberturas, cada uma dessas empresas funciona de forma diferente então é melhor se informar. Sobre a cobertura, tem que ser maior que 30k euro, por causa do tratado, e para viagem é necessário você ter, mas todos esses seguros cobrem.

  2. Boa noite, todas essas universidades citadas estão localizadas na cidade de Budapest? Qual delas você acha que é a mais “reconhecida”?
    Obrigado.

    • Muitas delas são famosas pq são grandes e recebem muitos estudantes estrangeiros, Corvinus, BME, ELTE, IBS, CEU. Mas eu não estudo aqui, então não gostaria de dar opinião sobre as universidades aqui, a lista não é de universidades só em Budapeste.

  3. Qual a média do aluguel mais barato?
    Achei os aluguéis dos quartos nos sites indicados caros, comparando com os valores que o Tiago estava pagando.

    • Eu morava em Debrcen… lá a vida é muito mais barata que em Budapest

      mas de uma olhadinha no grupo, várias pessoas comentaram lá sobre isso… e criaram um grupo apenas para aluguel em budapest (em portugues)… de uma procuradinha no face =D

      qualquer dúvida, estamos por aqui

      • Na comunidade tem bastante tópicos sobre isso, aqui em Budapeste sempre paguei em torno de 38.000 HUF o aluguel de um quarto + outros custos, que no total geralmente dá em torno de 50.000 HUF e no inverno uns 60.000 HUF, considero isso barato aqui pra Budapeste.
        Em Debrecen e em outras cidades acredito que seja mais barato.

  4. Gostei muito desse tópico! Eu estou pretendendo ir para Hungria pelo CsF. Muitas dúvidas minhas já foram sanadas acima, mas ainda gostaria de saber sobre como funciona a moeda lá. Sei que o 100 HUF é quase 1 R$, mas a questão é que a bolsa é em euro… quando eu for sacar em um caixa eletrônico, o dinheiro é trocado automaticamente ou sai em euro e depois eu devo trocar em uma casa de câmbio ? É aconselhável fazer uma conta em um banco local ou dá pra ficar apenas com um VTM ? Desde já agradeço ! 😀

    • O VTM pode ser uma forma mais simples de você receber o pagamento das bolsas do governo… mas eu recomendaria vc abrir uma conta num banco local tbm

      com VTM ou não, ao sacar num caixa você receberá em HUF. Pelo VTM vc paga uma taxa em cada saque, por essa razão acho legal vc criar uma conta local e transferir todo seu dinheiro para a conta hungara

      Boa viagem vittor

    • Oi Gabriel, é obrigatório ter um seguro saúde aqui na Europa, você pode fazer pela internet ou agência de viagens;
      Existem várias empresas hoje em dia Assist Card, GTA, Isis, HCC são conhecidas no Brasil, mas você pode fazer um seguro por aqui também.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s